Pages

quarta-feira, 21 de março de 2018

PREFEITURA BUSCA SOLUÇÃO IMEDIATA PARA ESGOTO DA UPR E TRANSFERÊNCIA DA UNIDADE PARA FORA DA CIDADE




Representantes do governo municipal participaram nesta terça (20), de mais uma reunião para tratar sobre o problema causado pelo vazamento de água das fossas da Unidade Prisional de Ressocialização (UPR), de responsabilidade do Governo do Estado, cujo odor incomoda a vizinhança do bairro. 


Seguindo orientação do prefeito Magno Bacelar, o governo participou da reunião representado pelo secretário Eduardo Sá (Meio Ambiente), pelo comandante da Guarda Municipal Valter Ferreira, pelo diretor do Departamento Municipal de Trânsito - DMT Francisco Monteiro, pelo assessor especial Telmo José. Também estiveram presentes o comandante do 16º Batalhão da Polícia Militar Tenente Coronel Ijozenaldo Silva, a direção da UPR e membros da comunidade. 


Segundo informações repassadas pelos representantes da unidade, medidas corretivas já estão sendo executadas na área interna do presídio com vistas a solucionar o problema que ocorre nas redondezas da rua 15 de novembro. A previsão dada é de que até o final desse mês de março o problema esteja solucionado. 


Durante a reunião, o secretário Eduardo Sá informou que estão adiantadas as conversas entre a Prefeitura de Chapadinha e o governo do estado para a construção de uma unidade prisional fora do perímetro urbano de Chapadinha. "Caminhões limpa-fossa vão solucionar o problema a curto prazo, a obra em andamento solucionará a médio prazo e a longo prazo o problema será resolvido com a transferência desta unidade. Serão gerados centenas de empregos na construção de um novo presídio e no seu funcionamento com capacidade para mais presos", afirmou o secretário.


SECOM

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário