Pages

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Temer diz que se Reforma da Previdência não for aprovada cortará pagamentos de servidores


O presidente disse ainda que apoiará para seu sucessor “aquele que acolher, prestigiar, incentivar, elogiar e praticar as reformas que estamos fazendo no nosso governo”

Foto: Beto Barata – PR

Em entrevista exclusiva à coluna do Fraga, no R7, o presidente da República, Michel Temer, disse que está confiante na aprovação da reforma da Previdência, mas alertou que, caso isso não ocorra, “o que vai acontecer é que as pensões serão cortadas; o vencimento dos servidores públicos será cortado como aconteceu em outros países”.


Sobre o que precisa fazer para a sua popularidade subir, Temer disse: “O que tenho feito. Aliás, há poucos dias, dando uma entrevista coletiva, eu até fiz uma brincadeira dizendo que a minha popularidade cresceu 100%, ou seja, subiu de 3% para 6%. Parece que não é nada, mas se continuar subindo nesse ritmo, o reconhecimento virá logo”, diz.


O presidente disse ainda que apoiará para seu sucessor “aquele que acolher, prestigiar, incentivar, elogiar e praticar as reformas que estamos fazendo no nosso governo. E, evidentemente, se outras reformas ainda demandarem execução, que elas venham a ser feitas no próximo governo. Esse será o meu candidato à Presidência da República”.



*Com informações da Coluna do Fraga


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário