Pages

segunda-feira, 28 de julho de 2014

POLÍTICA Prefeita de Anapurus é cobrada a devolver R$ 2,8 milhões da saúde




Prefeita Tina Monteles.
Prefeita Tina Monteles.
Falhas cometidas na Prefeitura de Anapurus motivou o Ministério da Saúde a realizar uma auditoria minuciosa e, ao concluir, foi constatado graves irregularidades nos anos de 2010 a 2013.
A prefeita Tinha Monteles, eleita desde 2008 e reeleita em 2012, é acusada juntamente com Manoel Monteles Neto, secretário de Saúde, e Jairo Lisboa de Sousa, coordenador Financeiro, ambos desde 2009, de descumprimento às diretrizes e normas que orientam a estruturação e funcionamento da rede de saúde no âmbito da Atenção Básica.
A auditoria realizada no Município de Anapurus evidenciou, principalmente, que foram encontrados atendimentos e receituários médicos, do ano 2012, com assinatura e carimbo de profissional falecido e CRM desativado, denotando a ocorrência de exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica, além de pagamentos para estagiário de medicina como médico plantonista.
O Fundo Nacional de Saúde deverá adotar os procedimentos visando à restituição de mais de R$ 2 milhões dos recursos elencados na proposição de devolução do presente relatório. O Fundo Estadual de Saúde deverá adotar os procedimentos, junto a Secretaria Municipal de Saúde, visando à retorno das verbas transferidos para o Municipal de Anapurus.
A UBSF de Angical está em reforma desde julho de 2012, com prazo previsto para conclusão em 16/01/2013, segundo placa de identificação no local da unidade, ocorrendo seu funcionamento na Escola Pública. Agentes comunitários de saúde que residem na micro área de abrangência, não sendo garantida uma sede própria ou alugada com a estrutura física necessária para seu pleno funcionamento.
Ocorre, porém, o relatório concluí que a gestão municipal de saúde de Anapurus apresenta falhas que comprometem o atendimento digno e resolutivo à população e devem ser corrigidas com urgência.



Do Blog do Neto

Comente com o Facebook: