Pages

sábado, 5 de abril de 2014

Golpe transforma concursos públicos em cabides de emprego


A fraude beneficia parentes e assessores de políticos em todo o país.



Olá amiguinhos. Bom dia! Tudo bom com vocês? Parece até início de um texto referente à literatura infantil, mas trata-se apenas de como a atual gestão trata o povo de Chapadinha, ou seja, como criancinhas de 4 anos de idade, inocentes. 


Recordo-me que no período da campanha eleitoral alguns chegaram a dizer que Ducilene era a rainha dos baixinhos. Pois bem, analisando comentários sobre o concurso público leva-me a crer que aparentemente nossa prefeita internalizou isso e pensa que está em um reino encantado onde pode mandar e desmandar, beneficiar os "amigos do governo" e mesmo assim temos que aplaudir esses desmandos. 


Não é intrigante o fato de pessoas diretamente ligadas a prefeita, que deram "o sangue" em sua campanha como candidatos a vereador e hoje ocupem cargos importantes no governo Belezinha tenham atingido uma pontuação entre 32 e 35 pontos e que esses mesmos teriam ficado preferencialmente na lista de excedentes? Porque será? Deixando assim para traz profissionais que estudam dia e noite, que passaram com uma pontuação mais elevada em outros concursos e falaram por “uma boca só” que o concurso de Chapadinha foi o mais difícil? 


Não é curioso o fato de irmãos marcarem exatamente a mesma quantidade de pontos e que sete pessoas da família de um vereador e inclusive secretários do atual governo, tenham passado com essa mesma média entre 32 e 35 pontos? 


Quem sabe se os "amigos do governo" solicitassem novas provas formuladas por outro instituto e estes aprovados obtivessem 50% de acertos eu me calaria.




Reveja uma reportagem sobre golpe em concurso públicos exibida pelo Fantástico clicando AQUI qualquer semelhança é mera coincidência.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário