Pages

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Prefeitura Tenta Esclarecer Contratos de Internet e Coloca Ainda Mais Dúvidas no Caso








Taxando de boatos as matérias que levantaram denúncias sobre a contratação de provedor de internet por parte da prefeitura, pelo valor de R$ 774.000,00, a assessoria de comunicação do órgão finalmente se pronunciou.


“Sobre os valores divulgados na mídia, dando um parecer de R$ 350.000,00 para as secretarias da prefeitura e outra de R$ 450.000,00 para a secretaria de saúde com vigência de 12 meses, a prefeitura informa que o contrato firmado refere-se ao período de 36 MESES (3 ANOS)” diz a nota da prefeitura insistindo que os gastos de 2013 foram de R$ 54.000,00 e R$ 75.000,00.


Uma simples visualização nas resenhas publicadas pelo Diário Oficial é suficiente para evitar os erros da nota que coloca ainda mais dúvida e suspeita sobre o caso.


Os extratos das resenhas deixam claros os valores de 324 mil (e não 350 mil) e 450 mil reais. No item vigência do contrato se ler nitidamente a duração de 12 meses e não de 36 meses ou 3 anos como dito no esclarecimento da assessoria de comunicação da prefeitura. Veja recorte acima. 


Descuidada nas informações e infantil na desqualificação de quem noticiou o fato com base em documentos, a assessoria da prefeitura não se deu conta que tais “justificativas” não melhoram a imagem de um governo que continua devendo este e outros tantos esclarecimentos. 

Leia aqui a primeira matéria abordando o assunto.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário