Pages

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

"As ações da prefeitura acabam gerando dinheiro para a prefeita e suas empresas" dispara vereador Marcelo Menezes em entrevista a rádio Mirante




O vereador Marcelo Menezes/PRP falou sobre o racha político entre Isaías e Belezinha em entrevista concedida à rádio Mirante, na tarde desta quinta-feira (30). Marcelo prometeu “chumbo grosso” contra Belezinha a partir da primeira sessão da câmara no dia 17 fevereiro, disse que Isaías não tem culpa de Belezinha ter usado o governo para se beneficiar (citou escândalos como “Carro do Lixo” e Queops), revelou que Belezinha já começou a mudar com relação a Isaías ainda durante a campanha eleitoral, avaliou que o governo atual é pior que Magno e Danúbia e pediu perdão ao povo por ter pedido votos e avalizado a candidatura de Belezinha.


Marcelo disse que está preparando uma série de documentos que mostrariam graves irregularidades promovidas pela gestão de Belezinha e que vai usar a tribuna para denunciar tais desmandos já no dia 17 de fevereiro na abertura dos trabalhos da câmara. “Vou levar documentos para a tribuna e cada sessão eu vou fazer uma denúncia diferença”, disse Marcelo.


Usando o termo “governo do funil”, o parlamentar disse que a prefeita Belezinha se beneficia diretamente de verbas da prefeitura colocando firmas laranjas ou empresas da própria gestora para “ganhar dinheiro da prefeitura”. Marcelo citou o exemplo do carro do lixo (comprado pela empresa Júnior Construções, de propriedade de Belezinha) que segundo ele fatura entre 25 e 30 mil reais. “Esse carro do lixo é alugado entre 25 e 30 mil reais por mês. Esse dinheiro poderia contratar 5 caçambas de pessoas de Chapadinha”, avaliou.


“Hoje existe um esquema funil, como as pessoas dizem em Chapadinha, onde todas as ações da prefeitura acabam gerando dinheiro para a prefeita e suas empresas. Por isso a economia da nossa cidade tá do jeito que tá e não vai melhorar nunca porque o dinheiro não circula e a gritaria no comércio é geral”, completou Marcelo Menezes.


De acordo com Marcelo Belezinha começou a mudar com Isaías quando recebeu uma pesquisa eleitoral e percebeu que não perderia mais a eleição. "Antes ela nos ligava e ia atrás até chorando", frisou. 


Marcelo reiterou algumas criticas às gestões de Magno e Danúbia, mas lembrou do pagamento do funcionalismo para dizer que o governo Belezinha é bem pior que o passado.


O vereador revelou que – mesmo sendo desconsiderado e até traído – seu pai (Isaías) evitou tomar a decisão de entregar os cargos e romper com o governo pensando em seus eleitores e aliados políticos que seriam perseguidos e prejudicados pelo racha. Marcelo encerrou reconhecendo o equívoco de defender a “candidata errada” Belezinha e pedindo perdão ao povo por isso.



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário