Pages

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Presidente da Embratur fala sobre a Jornada Mundial da Juventude

Flávio Dino ressaltou as ações do instituto para o megaevento que começa semana que vem.

Presidente da Embratur, Flávio Dino apoia apoia o evento da juventude católica

A Jornada Mundial da Juventude, evento católico que acontecerá este ano no Brasil, está sendo apoiada pela Embratur. A iniciativa acontecerá por meio da criação do Central Digital do Cristo Redentor e a transmissão da JMJ, na Plaza de Mayo, no centro da cidade de Buenos Aires, na Argentina. “O projeto é de interesse para o trabalho de promoção turística que a Embratur faz do Brasil para o público estrangeiro e seremos parceiros da Arquidiocese nessa grande ação”, disse Flávio Dino, presidente da Embratur. 
A Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que está prestes a completar 29 anos de atividades, acontecerá, pela primeira vez no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro de 23 a 28 de julho de 2013. Tratando-se de um megaevento, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) vai aproveitar sua visibilidade para promover o Brasil internacionalmente, por meio da divulgação do patrimônio religioso, cultural e natural do país.  
A última edição da Jornada Mundial da Juventude, no ano passado, em Madri, atraiu mais de 2 milhões de pessoas de 190 países. O Rio de Janeiro deve ultrapassar esses números e a Jornada poderá se tornar um evento ainda maior do que a Copa do Mundo para a cidade.
“Este será mais um megaevento que o Brasil sediará e mais uma oportunidade de projetar a imagem do Brasil para o mundo, assim como estamos fazendo na divulgação do país como sede de Copa e Olimpíadas”, ressaltou Dino. Dados da Organização Mundial do Turismo (UNWTO) mostram que mais de 600 milhões de turistas fazem viagens com cunho religioso a cada ano.
A Central Digital do Cristo Redentor consiste em uma ação inédita onde serão instalados cinco painéis, com duas telas cada, localizados, estrategicamente, no alto do principal cartão postal brasileiro. Além de um conteúdo diversificado, a Central abordará informações históricas da capital carioca e dos pontos turísticos de várias cidades e municípios brasileiros, em sete idiomas.
Segundo dados dos organizadores da JMJ, cerca de 92% dos turistas que visitam o Rio de Janeiro expressam vontade de ir ao Cristo Redentor. Em 2011, o local recebeu mais de 2 milhões de turistas, sendo 40% estrangeiros. Com o acordo firmado com a Arquidiocese do Rio, por meio do Instituto Jornada Mundial da Juventude, a Embratur poderá realizar ações promocionais do Brasil no Cristo Redentor nos próximos dois anos.
Além da Central Digital, será transmitida, ao vivo, parte da Jornada Mundial da Juventude na Plaza de Mayo, em Buenos Aires, onde está localizada a Casa Rosada.
Ao longo da JMJ, a Embratur promoverá, no país de origem do Papa Francisco, com repercussão para mais de 120 países do mundo, uma ampla divulgação da cultura e belezas naturais do Brasil. Ainda na Plaza de Mayo será montado um palco com telão de LED para transmissão de todos os Atos Centrais que estarão acontecendo no Rio de Janeiro, além de vídeos turísticos dos destinos brasileiros e documentários. Ação também prevê apresentações culturais de artistas brasileiros e argentinos.
A programação na Argentina se estenderá até o dia 28 de julho, quando será exibida, ao vivo, a Missa de Encerramento da JMJ Rio 2013. Além disso, a Embratur estará com um espaço de 200 metros dedicado ao trabalho de promoção, divulgação do Brasil e reuniões com operadores de turismo local.
A expectativa é que mais de 90.000 pessoas assistam aos festejos, o que pode se tornar uma boa oportunidade para a promoção internacional do Brasil no mercado argentino. 
“Neste contexto, a transmissão da Jornada Mundial da Juventude em Buenos Aires se apresenta como uma ocasião propícia para o estreitamento do relacionamento com profissionais do trade que estiveram presentes no Goal to Brasil, além de ampliar a presença dos destinos turísticos brasileiros junto àqueles que comercializam o país”, explica o presidente da Embratur. 
A Argentina é mercado prioritário para a promoção do Brasil enquanto destino turístico e país que mais emite turistas para o Brasil. Em 2011, entraram 1.593.775 milhão de argentinos no país.


                                                      
JMJ

Tudo começou com um encontro promovido pelo Papa João Paulo II em 1984. A Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que se realiza anualmente nas dioceses de todo o mundo, prevê a cada 2 ou 3 anos um encontro internacional dos jovens com o Papa, que dura aproximadamente uma semana. A 28ª JMJ será realizada de 23 a 28 de julho de 2013 na cidade do Rio de Janeiro e tem como lema “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28, 19).
No primeiro dia das inscrições, abertas em agosto, a Jornada recebeu cerca de 4.400 interessados em participar do evento. Os primeiros participantes foram jovens de 28 países, divididos em 220 grupos, dos quais 112 são brasileiros.
Entre os estrangeiros, chineses e árabes já fazem parte da lista, que deve ser composta principalmente por latino-americanos. Grupos da Argentina, Equador, Colômbia, Chile, Venezuela, Paraguai e Uruguai já estão inscritos. No continente, somente os argentinos sediaram o encontro, há 25 anos.






Fonte: Blog do Jorge Vieira.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário