Pages

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Brasil ocupa 7º lugar no ranking da violência e 11 cidades mais violentas são do Maranhão


A taxa de homicídios no Brasil hoje coloca o país em sétimo lugar entre aqueles onde mais se mata no mundo. São 27,1 mortes para cada 100 mil pessoas. As 300 cidades listadas a seguir são as que puxam o índice brasileiro para cima: em Simões Filho, na Bahia, o índice de assassinatos (139 por 100 mil habitantes) é mais de duas vezes superior ao do Iraque no auge dos conflitos no país do Oriente Médio (64,9 mortes para cada 100 mil pessoas, entre 2004 e 2007).
 
Os dados são do “Mapa da Violência 2013 – Homicídios e Juventude no Brasil”, divulgado nesta quinta-feira pelo professor Julio Jacobo Waiselfisz, da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais.

As cidades vítimas de grande violência são, em geral, pequenas ou médias, isto é, com até 500 mil habitantes. Nas 10 primeiros colocações, a única capital – e cidade grande – a aparecer é Maceió (AL). João Pessoa (PB) aparece em 30º, revelando que o Nordeste e o Norte são os maiores alvos do problema hoje.

Segundo o estudo, as cidades que concentram a violência no Brasil são, em geral, novos polos de desenvolvimento, zonas de fronteira e do desmatamento amazônico, além de municípios com turismo predatório e currais políticos onde ainda impera a lógica clientelista.

O Maranhão tem 11 cidades entre as 300 mais violentas do país.

Na listagem das 300 cidades mais violentas do pais, onze delas são do Maranhão. A mais violenta é a cidade de Presidente Dutra, que figura em 33ª colocação no Brasil. É seguida por Imperatriz (124ª), São Luís (125ª), Barra do Corda (186ª), Raposa (229ª), São Mateus (240ª), Caxias (252ª), Porto Franco (268ª), Itinga (283ª), Governador Nunes Freire (289ª) e Pinheiro (290ª).


Fonte: Blog do Luis Cardoso

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário