Pages

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Pelo visto a Prefeita não gosta muito de ser questionada.


Após tantas críticas, tantos embates, tanta decepção, e até mesmo perda de grandes amizades, nada me abalou tanto, quanto a notícia que recebi há alguns dias atrás e que hoje tive a confirmação.


É com muita tristeza e digo sem vergonha nenhuma, com lágrimas nos olhos que me despeço da Pré-Escola Luís Rocha Júnior. Escola que trabalhei por anos e que tanto lutei para que fosse reformada e pudesse assim ser um lugar mais seguro para pais, alunos e funcionários.


Em janeiro recebi o convite da SEMED para assumir o cargo honroso de assistente de direção, aceitei e mesmo tendo apenas uma matrícula, me dediquei, ia pra escola pela manhã e a tarde para ajudar nos trabalhos, criei juntamente com as colegas de trabalho o site e a página da escola na rede social facebook.  Acesse o link e veja: Pré-Escola Luís Rocha Júnior Lança um Site para Divulgar os Trabalhos Pedagógicos.


Hoje tive a confirmação de que a Excelentíssima Prefeita Ducilene Pontes não assinaria minha portaria como assistente de direção e que, portanto eu deveria mudar de escola (já que tanto a Rocha Júnior como a maioria das pré-escolas já estão com seu quadro de professores completo) e voltar para minha sala de aula.


Volto para minha sala de aula de cabeça erguida sim, mas com uma ferida na alma, por deixar companheiras de tanto tempo e de ter que me afastar da área da educação que é a que eu mais amo: A Educação Infantil.


Só me pergunto como um governo que diz que vai avaliar e definir gratificações por mérito vai avaliar seus profissionais? Enquanto tiver todo mundo calado e aplaudindo o atual governo vai ficar tudo “Belezinha”?


Que competência administrativa é essa que deixa as opiniões divergentes valerem mais que o trabalho?


Fui lotada hoje pela manhã e vou hoje mesmo para a escola D. Pedro onde pretendo continuar dando o melhor de mim, pois independente de governo, eu sou profissional e não deixo questões pessoais ou políticas interferirem no trabalho.


E digo: Minha postura não vai mudar.

E insisto:

Votei e lutei por um novo governo, para ver o novo e o melhor para Chapadinha acontecer e não para ver velhos erros se repetindo.

No mais termino com a célebre frase:


“Tem nada não centarru, eu só quero que Deus te dê em dobro tudo que você me deu”.     

 :,)

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Jane, nao pense q sua postura de criticar nao iria sofrer testes de resistencia. na verdade, nossos cidadaos, q ascendem na carreira politica, continuam sem preparo para o exercicio desta. Quem bem pensar, é melhor ser criticado por um professor do que bajulado por babão. decerto q com seu conhecimento de causa teria muito a contribuir, indente de ser governo. creio q ducilene ainda nao absorveu q as criticas a administraçao nao devem ser encaradas como questao pessoal, mas sim contribuiçao para seu governo. ela ainda tem tempo de corrigir a rota. é muito inteligente. so tem q deixar de ouvir os baboes e passar a separar o que é critica construtiva de ataque pessoa. siga firme. pensei q a volta do ivandro serviria pra o engradecimento do debate, mas hoje vejo sua atuaçao com uma trinte decepçao. vendido. incapaz de tecer uma critica a administraçao. so sabe é bater no alexandre. o "professor" desinteligentou-se.

    ResponderExcluir
  2. Taí, gostei desta postagem. Achei coerente, bem fundamentada, não te conheço mas até que alguém desminta o que vc falou, estou com vc e paço a bola para sua excelência a Prefeitura e aí? vai dispensar uma profissional que já demonstrou competência para colocar no lugar um companheiro despreparado que não sabe nem o que vai fazer e que está focando apenas o contra-cheque no final do mês?...

    ResponderExcluir
  3. quem vc tanto ajudou fez isso com vc, agora imagina com os que não ajudaram ela.....o que ela falou nos palanques eu não vou mexer com ninguém...esse povo que ela tirou é ninguém pra ela? quantos pais e maes de familia ela deixou sem o pão na mesa.

    ResponderExcluir
  4. É uma pena que em um governo que a grande massa popular tenha acreditado e ainda acredita esteja tomando este tipo de postura, vergonhosa e desrespeitosa a um profissional. Parece que apenas as caricaturas mudaram, os gestos, os atos não inadmissíveis. PERSEGUIÇÃO NÃO. Agora é hora de trabalhar em prol de uma população que grande parte vive de esmolas do governo federal (onde está o distrito industrial de Chapadinha?), onde está a limpeza pública (cidade imunda), onde foram parar as promessas políticas que embora alguns possam achar cedo, mas é logo cedo que o homem do campo está na lida com seus afazeres, vamos trabalhar gente.

    ResponderExcluir
  5. Só tenho a agradecer o apoio que tenho recebido de todos os meus amigos e como diz Lula: "A luta continua companheiros(as)".

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, prof. Jane pelo seu brilhante texto que explica tudo.
    Abraços.

    ResponderExcluir