Pages

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Tragédia em Santa Maria - Dono da boate Kiss tentou se enforcar

 Indícios apontam que o dono da Boate Kiss, Elissandro Spohr, conhecido como Kiko, planejava se matar no hospital de Cruz Alta (RS) onde está internado.


Divulgação - Agência Brasil | Foto Wilson Dias
Ampliar
Elissandro Spohrm, mais conhecido como Kiko, é um dos donos da Boate Kiss.
 

O empresário está sob custódia no local desde a última segunda-feira, quando foi decretada a sua prisão preventiva.

"Ele pendurou a mangueira no chuveiro em uma posição que sugeria a possibilidade de um enforcamento. Um policial percebeu e interveio", explicou a delegada Lylian Carús na manhã desta quarta-feira.

Segundo a delegada, Kiko demonstra estar abatido.
Elissandro Spohr, conhecido como Kiko, está sob custódia no hospital e apresenta quadro de depressão aguda, por causa do incêndio que ocorreu na casa noturna dele no domingo, que matou 235 pessoas até agora.






Outras 143 seguem internadas. Dessas, 75 estão em estado crítico, de acordo com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que permanece no Rio Grande do Sul, para acompanhar o atendimento aos feridos e familiares das vítimas.


Ernesto Carriço/Estadão Conteúdo
Ontem, um jovem pichou os dizeres "Justiça a todos" na fachada do prédio da boate, onde ocorreu o incêndio


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário