Pages

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Aldy Saraiva Júnior e Eu.

Gostaria de agradecer ao meu amigo Aldy Saraiva Júnior pela presteza com que respondeu alguns de meus questionamentos ao atual governo.

Sei de sua competência e caráter e não será um simples texto que mudará o sentimento de  amizade e estima que tenho por você. Política no que depende de mim, não destrói amizades.

E quando agradeço e lhe chamo de amigo o faço sem desmerecimento algum a ele, o conheço desde a infância e sempre tive muito apreço tanto a ele quanto a sua família, mas se o nobre amigo se deu ao trabalho de responder, eu não poderia de forma alguma me eximir dos agradecimentos e de esclarecer alguns pontos aqui.

Aldy Júnior:

1- "A professora que se candidatou ao cargo de Vereadora, recebeu apoio irrestrito e considerável de Belezinha durante toda a sua campanha – e saibam que, bem maior do que muitos outros candidatos a vereadores - que no final da eleição, mostraram votação expressiva, diferentemente dos 54 votos obtidos pela professora blogueira". 

Eu: 

Assim como Aldy Júnior declarou que eu não conhecia a realidade dos aluguéis dos prédios de Ducilene Pontes (até porque a informação não foi disponibilizada no blog oficial da prefeitura) o amigo também não conheceu a dura realidade da minha campanha.

Sim recebi o apoio de Ducilene Pontes assim como também dei meu total apoio a ela, assim como lutei por mais de um ano em rádio, blog e nas redes sociais contra o desgoverno MagNúbia, e o fiz porque acredito que Chapadinha precisa de uma renovação em seu quadro político e acreditei que Ducilene seria essa mudança. Mas infelizmente o valor das pessoas em um campanhas se mede não por seu esforço, competência ou caráter, mas pelo número de votos!

Quanto aos meus 54 votos, que agradeço de coração aos amigos, quem sabe da próxima vez eu tire 55 em? rsrsrsrs..

Sobre os questionamentos que fiz, são isso mesmo meu caro, questionamentos. E o que foi? Quer dizer que eu que fui uma das que tanto lutou por esse governo não posso nem fazer simples questionamentos ao mesmo?

Não se pode perguntar nada nesse governo sem que isso seja classificado como interesses?  


Meu único interesse é que o governo ao qual eu apoiei e apoio, não cometa os mesmo erros do governo que eu tanto combati.


Engraçado que quando eu questionava o desgoverno MagNúbia é porque eu servia de ressonância para o grupo rival e isso foi discutido várias vezes inclusive no programa de rádio e o professor Armando presidente do SINDCHAP sempre dizia que: "Se não quer que a gente critique é só fazer as coisas certas".

Lembrando que não fiz críticas (ainda), mas simples questionamentos e aliás, os seguintes questionamentos ainda não faram esclarecidos:




Eu:

Como assim 60 dias sem precisar fazer licitação?

Então faço esse apelo para que haja transparência e que seja divulgado tanto os nomes das empresas, e preços aos quais seus materiais e mão de obra foram adquiridos, como quais critérios serão utilizados para a escolha das empresas que poderão vir a prestar serviços para a Prefeitura.

Aldy Saraiva Júnior: 
 
1-"Com relação à produção do decreto, qualquer criança, com uma simples leitura observaria que o que está valendo é a data da sua publicação no diário oficial (dia 18/01), e não a data de sua produção". 


Continuarei defendendo aquilo que acho certo e não o faço por dinheiro, mas por compromisso com o povo de minha terra e esse compromisso eu honrarei custe o que custar.

Críticas estão sendo feitas nos 4 cantos da cidade e se eu perguntei é porque não vi resposta esclarecimento algum no site oficial da prefeitura e os esclarecimentos devem ser dados não a mim, mas ao povo de Chapadinha.

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Jane, o grupo tem um problema aa resolver: marcelo é ou nao governo. brigas em redes sociais so servem pra mostram um fato grave, que é, ou a prefeita nao tem pulso, pra mandara parar essa briga, ou de fato ela quer que isaiais e marcelo se mandem, pois defender nao pode. Sobre a divulgaçao do decreto no café pequeno, foi uma coisa pequena mesma. Porque se se busca transparencia, se a data foi 18 e nao treze, porque nao mandar uma copia desse abençoado decreto a vc, ao enedilson, ao jonair, ao dr ernande, e até mesmo ao ditos da oposiçao, alexandre, willian, foguito? porque nao mandar o mesmo ser lido na radio cultura, e depois na mirante? Mesmo tendo sido feito 18 dias apos o inicio do governo, o q em si ja cria um sentimentto estrando, se tivesse sido divulgado amplamente, sem sigilos e dando privilegeios a um blogueiro que decididamente esta mandado pra atacar marcelo, muito do que foi dito nao teria sido. Parece que belezinha esta se esquecendo que é prefeita por cauusa da aliança com isaias, queira ou nao queira. e quem nao quer isaiias, nao quer marcelo, e virce-veça. vi no face que a filha da belezinha disse que a danubia fez eles bobos na transiçao. ridiculo. Quer dizer que toda a equipe da prefeita considguiu ser enganada pela danubia, quando tinha inumeros elementos para se municiar com as informaçoes. acho q se a prefeita continuar ouvindo conselhos de sua filha, nao estamos bem....

    ResponderExcluir
  2. NETO: sabemos q em se nas cidades grandes quem controla a câmara he o pref. E muito mais nas pequenas, portanto, as articulações para a câmara com certeza tinha o comando nos bastidores da belezinha, embora esta publicamente dissesse q não iria intervir. Ora, isso ta mais q obvio q ela não queria e não quer a parceria com Isaias, dado a mudança de se comportamento após o resultado das eleições . Agora he alta traição ao povo e a Isaias q a lançou, confiou, acreditou e ganhou as eleições . Mas Deus a julgara e resposta vira ao longo de seu mandato q por sua ambição de empresaria q levou para a política , será de um governo instável e conturbado, comprometendo o seu sucesso e sua reeleição.

    ResponderExcluir