Pages

domingo, 27 de maio de 2012

A METARMOFOSE POLÍTICA PARTE I

Na tarde dessa última sexta-feira, 25 de maio estava previsto a assembleia geral para discutir ações de interesse dos associados do SINDCHAP.

Porém o que se viu foi uma triste demonstração de como não se deve agir em um encontro deliberativo de pessoas.

O interessante é que esse triste episódio foi protagonizado pela Secretária da Mulher Rita Monteiro e pela Secretária de Assistência  Social Neldam Araújo.

Muitas pessoas tanto durante a assembleia quando pela internet cobraram meu posicionamento diante do ocorrido e se surpreenderam com minha reação de inércia diante daqueles discursos sem nexo algum.

Pois bem aqui vai o meu posicionamento:

Primeiro sobre alguns pontos da fala da Secretária da Mulher Rita Monteiro:

1- Aparece aquelas crianças falando tudo tão bem explicadinho no vídeo, que bom seria se tivéssemos professores que instruíssem nossa criança dessa forma estaríamos de parabéns.

2-Falar de escolas onde o quadro tem buracos que o professor mal pode escrever, vou anotar isso e levar para a prefeita para que ela consiga um quadro de acrílico e pincéis para que essa professora possa escrever.

3-Algumas pessoas veem a escola em caindo aos pedaços e ligam para blogueiros ou vão as rádios reclamar e porque não vem até a prefeita e falam diretamente a ela? Isso é politicagem.

Eu ouvi a tudo isso estarrecida, atônita e inerte como se um choque elétrico trespassasse todo meu corpo. Eu só me perguntava onde estava a professora Rita Monteiro que eu conheci e que tinha um discurso totalmente diferente daquele.

Trabalhei com a professora Rita Monteiro uma excelente profissional, que quando eu ia ao Ministério Público denunciar as condições físicas da escola em que trabalhávamos ela me dava total apoio.

Dizia que tava certo que tínhamos sim que denunciar que cobrar do governo as soluções necessárias.  Ela viu o vídeo que eu fiz e que continha o desabafo de uma criança e ela é testemunha de que aquela criança em nenhum momento foi instruída por alguém.

Toda criança sabe falar de sua realidade basta que a gente pare para ouvi-las. Porque duvidar dessa forma da capacidade de nossos professores?

Há professores capazes de muito mais que vão além do simples ensinar a ler e a escrever que ensinam as crianças a PENSAR! E é desses profissionais que precisamos.

Porque só agora exigir uma atitude da prefeita e porque não antes? Quadro de acrílico só para aquela escola e quanto as outras?

Quanto ao povo denunciar diretamente a gestora do município me diga onde o povo pode encontrá-la?

Se as pessoas vão a casa dela enquanto estão no portão da frente ela sai pelos fundos e na prefeitura ela quase não vai e quando aparece em público não para pra ouvir as reivindicações do povo.

Finalizo essa parte do texto dizendo: A Secretária da Mulher já não é a mesma que eu conheci.





Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário